Introdução à Linguagem Python

Período de inscrição: 04/11/2019 à 06/01/2020
Data: 06, 07, 08, 09, 13 de janeiro de 2020 das 19h00 às 22h40.
Carga horária: 20 horas/aula
Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 340,00
Público externo: R$ 680,00
Professor: Maitê Marques Caetano

PÚBLICO-ALVO:
Profissionais de quaisquer áreas interessados em análise de dados usando python.
OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:
• Introduzir o conhecimento acerca da programação em python;
• Desenvolver competências que permitam a análise de dados em grande escala;
• Entender funções e bibliotecas específicas para a manipulação de dados;
• Identificar bases de dados abertas, disponíveis para pesquisa.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Conceitos básicos e fundamentos da linguagem de programação python. Usos e aplicações da linguagem. Introdução a algoritmos usando python. Bibliotecas pandas e matplotlib. Através de uma experiência prática, com exemplos, exercícios e projetos, será possível testar seus conhecimentos e aplicá-los em projetos de Data Science.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO:
• Aula expositiva dialogada;
• Lista de Exercícios;
• Estudo por projetos.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:
Não haverá avaliação de conteúdo. É necessário estar presente, no mínimo, em 70% das aulas.

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR:
Maitê Marques Caetano, Mestre em Ciência da Computação, pelo Centro Universitário Campo Limpo Paulista, Graduada em Sistemas de Informação e Redes de Computadores pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo. Sua experiência profissional inclui a docência em cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Também é orientadora de trabalhos de conclusão de curso, bem como, autora e orientadora de artigos.

BIBLIOGRAFIA:
GRUS, Joel. Data Science do Zero: primeiras regras com o python. Trad. Welington Nascimento – Rio de Janeiro: Alta Books, 2016.
AMARAL, Fernando. Introdução à Ciência dos Dados: mineração de dados e big data. Rio de Janeiro : Alta Books, 2016.

 

INSCREVA-SE BoletoINSCREVA-SE Cartão de Crédito

Gestão Hospitalar e dos Serviços de Saúde

Curso: Gestão Hospitalar e dos Serviços de Saúde
Período de inscrição: 04/11/19 a 14/01/20
Data: 14, 15, 16 e 17 de janeiro de 2020 das 19h00 às 22h40.
Carga horária: 16 horas/aula
Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 272,00
Público externo: R$ 544,00
Professor: Profa. Dra. Teresinha Covas Lisboa

PÚBLICO-ALVO:
Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível na Gestão Hospitalar e dos Serviços de Saúde, onde são incluídos: diretores, gerentes, supervisores, líderes de serviços e demais profissionais da área de saúde dos setores público e privado, abrangendo hospitais, clínicas, laboratórios, casas de repouso, organizações sociais e profissionais autônomos prestadores de serviços na área de saúde.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:
• Oferecer oportunidades de atualização e de conhecimento das novas práticas de gestão da área de saúde;
• Possibilitar a troca de vivências entre profissionais de diversos segmentos;
• Conhecer as inovações dos setores público e privado.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Gestão de Pública e Privada: Legislação sobre sistema de saúde. Modelos de atenção em saúde (SUS). Políticas de Atendimento. Saúde Suplementar. HumanizaSUS. Qualidade no Atendimento.

Hospitalidade e Acolhimento: Conceitos. Humanização no atendimento. Áreas de apoio. Avaliação e indicadores. Gestão de pessoas na hospitalidade e no acolhimento.
METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO:
• Aula expositiva dialogada;
• Cases de sucesso;
• Elaboração de projetos.
AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:
Não haverá avaliação de conteúdo. É necessário estar presente, no mínimo, em 70% das aulas.

CURRÍCULO RESUMIDO DOS PROFESSORES:
Profa. Dra. Teresinha Covas Lisboa, Pós-Doutorado em Administração com ênfase em Saúde, Doutorado em Administração, Mestrado em Administração dos Serviços de Saúde, Especialização em Administração Hospitalar, Docente Titular da UNIP do curso d Administração, Docente convidada da FCU-Florida Christian University, Sócia-Diretora da TCL Consultoria, Conselheira Federal do Conselho Federal de Administração, Coordenadora do Grupo de Excelência de Gestão de Pesquisa Avançada em Administração, Vice-Presidente da Sociedade Latino-Americana de Hotelaria Hospitalar (Lima, Peru).

Prof. Ms. Waldomiro Federighi, Mestre em Administração, Consultor na área de Gestão Hospitalar e de Saúde Pública, Docente de várias faculdades na área de saúde, Membro do Grupo de Excelência de Administração em Saúde do Conselho Regional de Administração.
BIBLIOGRAFIA:
BOEGER, Marcelo Assad. Hotelaria Hospitalar (coordenador). São Paulo: Manole, 2011.
LISBOA, Teresinha Covas; KUAZAQUI, Edmir (coordenadores). Gestão contemporânea em saúde.
São Paulo: Sarvier, 2019.
MALIK, Ana Maria; VECINA NETO, Gonzalo (organizadores). Gestão em saúde. 2.ed. São Paulo: Gen-Guanabara Koogan, 2016.

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

 

 


Fraudes Corporativas – Introdução a Metodologias de Prevenção, Detecção e Investigação

Período de inscrição: 04/10/19 à 20/01/2020
Data: 20, 21 e 22 de janeiro das 19h00 às 22h40.
Carga horária: 12 horas/aula
Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 204,00
Público externo: R$ 408,00
Professor: Enéas Moreira

PÚBLICO-ALVO:
Profissionais e estudantes interessados em adquirir os conceitos iniciais relacionados a Fraudes Corporativas e as principais metodologias para prevenção, detecção e investigação. Incluem estudantes de Ciências Contábeis, Administração, Economia, além de profissionais atuantes nas áreas de Administração Geral, Financeira e Controladoria.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:
• Proporcionar o entendimento de conceitos fundamentais sobre Fraudes Corporativas, seus fatores motivadores, formas mais usuais e consequências;
• Visão geral dos impactos que as fraudes causam às empresas, com base em pesquisas globais sobre o ambiente de fraudes;
• Introdução às principais metodologias relacionadas à prevenção, detecção e investigação de fraudes;
• Discussão de casos reais.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Fraude e o perfil do Fraudador no Ambiente Corporativo. Triângulo da Fraude. Conceitos teóricos de Fraude e suas principais modalidades. Principais metodologias adotadas pelas empresas para Prevenção, Detecção e Investigação de Fraudes. Discussão de casos reais de grande repercussão para exemplificação dos conceitos teóricos. Desenvolvimento de caso prático visando sedimentar os conceitos teóricos.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO:
• Discussão de casos e desenvolvimento de caso prático ao longo das aulas, mesclando-se os conceitos teóricos com discussão dos casos exemplificativos e o desenvolvimento do caso prático em sala.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:
• Discussão de casos e desenvolvimento de caso prático ao longo das aulas, mesclando-se os conceitos teóricos com discussão dos casos exemplificativos e o desenvolvimento do caso prático em sala.

CURRICULO RESUMIDO DO PROFESSOR:
Enéas Moreira é perito contábil e investigador de fraudes corporativas, focado em serviços relacionados à investigação de fraudes e conformidade quanto às normas anti-corrupção e processos preventivos a fraudes. Atua também em Perícias Contábeis envolvendo disputas relacionadas a matérias contábeis e financeiras.

É bacharel em Ciências Contábeis pela Faculdade Católica de Administração e Economia (FAE) em Curitiba, e Mestre em Ciências Contábeis pela UNISINOS, no Rio Grande do Sul. Enéas é Perito Contábil inscrito no CNPC e certificado como CFE pela Association of Certified Fraud Examiners (ACFE).

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
Association of Certified Fraud Examiners. Fraud Examiners Manual. ACFE, 2018.
Association of Certified Fraud Examiners. Report to the Nations. ACFE, 2018.

Inscreva-se BoletoInscreva-se Cartão de Crédito

Finanças Públicas

Curso: Finanças Públicas – Online
Período de inscrição: 04/11/2019 à 12/01/2020
Data: janeiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula
Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00
Público externo: R$ 480,00
Professor: Denis Vaz Meireles

PÚBLICO-ALVO
Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em Finanças Públicas. Incluem
Servidores Públicos, consultores, estudantes que pretendem entender mais sobre Finanças Públicas e candidatos a concursos públicos.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM
Compreender as perspectivas que se apresentam aos gestores públicos quanto à administração das finanças públicas e, seu reflexo para a arrecadação e aplicação dos recursos públicos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Falhas de mercado e de governo. Externalidades. Evolução das Funções do Governo (alocativa, distributiva e estabilizadora) e Crescimento do Setor Público (receitas e despesas). Welfare State. Reforma do Estado. Nova Gestão Pública; Déficit Público; Resultado nominal e operacional; Necessidades de financiamento do setor público. Operações de crédito no setor público: conceitos, tipos, condições. Crédito interno e externo; Os princípios teóricos de tributação. Impostos, tarifas, contribuições fiscais e parafiscais: definições. Tipos de impostos. Progressivos, Regressivos, Proporcionais. Diretos e Indiretos. Impactos sobre o consumidor e a indústria de cada tipo de imposto. A curva de Laffer; Carga Fiscal. Progressiva. Regressiva. Neutra. Carga Fiscal Ótima. Efeitos da ausência ou do excesso de cobrança de impostos. A curva reversa. O efeito de curto, médio e longo prazos da inflação e do crescimento econômico sobre a distribuição da carga fiscal. Teoria da tributação ótima; Contas Públicas. Os Relatórios e Controles Financeiros na gestão das Contas Públicas. Ajuste fiscal. Sistemas de informações relacionados às Finanças Públicas e bancos de dados sobre finanças públicas; Sistema Tributário Brasileiro: federal, estadual, municipal. Classificação da Receita Orçamentária. Manual técnico do Orçamento; Conjuntura das Finanças Públicas no Brasil e no mundo e tendências: IVA, Programa de Ajuste Fiscal do governo federal (PAF), ratings do setor público, risco soberano. O gasto público. Federalismo fiscal.

ESTRATÉGIA DE ENSINO
A trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.
O curso está organizado em 4 módulos e cada um deles contém:
1. Videoaula: Vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;
2. E-book: Texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;
3. Aula explicativa: Aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som;
4. Fórum para Discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto.
5. Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO
Atividades e participação online 100% da nota nos fóruns de discussões e autoavaliação dos quatro módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR
Denis Vaz Meireles. Pós-Graduado em Gestão e Controladoria Pública pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP e Graduado em Administração com Ênfase em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP. Consultor com mais de 10 anos de atuação na esfera pública em assuntos relacionados a administração pública, orçamento e contabilidade aplicada ao setor público.

BIBLIOGRAFIA
ALBUQUERQUE, Claudiano, MEDEIROS, Marcio, FEIJÓ, Paulo Henrique. Gestão de Finanças Públicas. 2 ed. Brasília. Gestão Pública, 2008
BIDERMAN, Ciro, ARVATE, Paulo. Economia do setor público no Brasil. São Paulo. São Paulo. Elsevier. 2004 GIACOMONI, James. Orçamento Público. 17 ed. São Paulo. Atlas, 2017.
GIAMBIAGI, Fabio, ALEM, BRAULE, Sol Garson. Finanças Públicas: teoria e prática no Brasil 5 ed. São Paulo. Elsevier. 2015.
GRUBER, Jonathan. Finanças Públicas e Política Pública. 2 ed. São Paulo. LTC. 2009. HARVEY. S. Rosen, GAYER, Ted. Finanças Públicas. 10 ed. Porto Alegre. McGrawHill. 2015.
RIANI, Flavio. Economia do Setor Público — Uma Abordagem Introdutória. 6 ed. São Paulo. LTC. 2016. STIGLITZ, J. Economics of the public sector. 4th edition. New York. WW Norton &company. 2015

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

Contabilidade Pública

Curso: Contabilidade Pública – Online
Período de inscrição: 04/11/2019 à 12/01/2020
Data: janeiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula
Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00
Público externo: R$ 480,00
Professor: Luciano Nurnberg Peres

PÚBLICO-ALVO

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em Contabilidade Pública. Incluem Servidores Públicos, contadores que prestam serviços de contabilidade para órgão públicos como por exemplo escritórios de serviços contábeis, consultores, estudantes que pretendem entender mais Contabilidade Pública e candidatos a concursos públicos.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM

Entender as novas perspectivas para a Contabilidade Pública, com a adoção e harmonização às Normas Internacionais para a Contabilidade Pública.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

As mudanças na execução orçamentária, financeira e contábil trazidas pela NBCASP, MCASP e IPSASB. As mudanças na contabilidade aplicada ao setor público; Normas brasileiras de contabilidade aplicada ao setor público – NBCASP; Normas internacionais de contabilidade aplicadas ao setor público – IPSASB; – Lei de Qualidade Fiscal – PLP 295/16; Contabilidade x orçamento. Rotinas da Execução Orçamentária e Financeira Municipal. Planejamento Público – PPA / LDO e LOA. Receita Orçamentária – As classificações e estágios da receita; Despesa Orçamentária – As classificações e estágios da despesa; – Receita e Despesa Extra orçamentária. MCASP Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Plano de Contas Aplicado ao Setor Público e Lançamentos Contábeis; Registros Contábeis; Estrutura do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público; Controle por atributos; Exercícios Práticos sobre Contabilidade Pública E Demonstrações Contábeis Aplicada ao Setor Público

ESTRATÉGIA DE ENSINO

A trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.
O curso está organizado em 4 módulos e cada um deles contém:
1. Videoaula: Vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;
2. E-book: Texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;
3. Aula rxplicativa: Aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.
4. Fórum para Discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto.
5. Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO

Atividades e participação online 100% da nota nos fóruns de discussões e autoavaliação dos quatro módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.
CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR
Luciano Nurnberg Peres.Doutorando em Controladoria e Contabilidade pela FEA-USP e membro do Centro de Estudos em Contabilidade e Governo (ContGov) da FEA-USP. Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Maringá (2014), e em Física pela Universidade Estadual de Maringá (2007) e mestre em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (2017). Atuou como empenhador na Prefeitura de Campo Mourão, auxiliar administrativo na Justiça Federal de Primeiro Grau no Paraná (2013) e na auditoria do Ministério Público do Estado do Paraná (2012/2013). Entre 2011 e 2016 atuou em projetos de pesquisa e extensão. Em 2017 e 2018 atuou como professor de Contabilidade Pública, tendo lecionado na Faculdade de Jandaia do Sul (FAFIJAN) e na Faculdade Maringá. Nos anos de 2017 a 2019 participou como avaliador de trabalhos do Congresso USP de Contabilidade. Professor dos cursos de Gestão Pública em EAD da FECAP.

BIBLIOGRAFIA:

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm>. Acesso em: 14 out. 2019.

Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964. Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Disponível em: <https://www.planalto. gov.br/ccivil_03/Leis/L4320.htm>. Acesso em: 14 out. 2018.

Lei nº 101, de 04 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/LCP/Lcp101.htm>. Acesso em: 14 out. 2019.

Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público – 8ª edição (Válido a partir de 2019). Disponível em: <http://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/695350/CPU_MCASP+8%C2%AA%20ed+-+publica%C 3%A7%C3%A3o_com+capa_2vs/4b3db821-e4f9-43f8-8064-04f5d778c9f6>. Acesso em: 14 out. 2018.

Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de Demonstrativos Fiscais – 9ª edição (Válido a partir de 2019). Disponível em: <https://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/663733/CPU_MDF+9%C2%AA%20edi%C3%A7%C3%A3o+-+Vers%C3%A3o+3+-+18.12.2018+-+com+capa/e0b5b068-3538-4b1a-a6d2-a0b7d9da0f33>. Acesso em: 01 jan. 2019.

FEIJÓ, Paulo Henrique; RIBEIRO, Carlos Eduardo; CARVALHO JR, Jorge Pinto de. Entendendo o Plano de Contas Aplicado ao Setor Público. 2. ed. Revisada e ampliada. Brasília: Gestão Pública, 2017.

FEIJÓ, Paulo Henrique; et al. Entendendo a Contabilidade Patrimonial Aplicada ao Setor Público: do ativo ao patrimônio líquido. 1. ed. Brasília: Gestão Pública, 2017.

FEIJÓ, Paulo Henrique; RIBEIRO, Carlos Eduardo; CARVALHO JR, Jorge Pinto de. Entendendo a Contabilidade Orçamentária Aplicada ao Setor Público. 1. ed. Brasília: Gestão Pública, 2015.

FEIJÓ, Paulo Henrique; et al. Entendendo as Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público. 1. ed. Brasília: Gestão Pública, 2017.

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

Planejamento Tributário – Moodle EAD

Período de inscrição: 16/10/2019 à 12/01/2020
Data
: 13 de janeiro de 2020 a 13 de fevereiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula

Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00

Público externo: R$ 480,00

Professora: Ademar Lucas

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em criação, controle e gestão do Planejamento Tributário. Com um conteúdo destinado ao aprendizado, exercício e formação de gestores da área e com uma visão ampla dos processos de planejamento tributário, este curso destina-se a suprir lacunas no conhecimento e no aperfeiçoamento de profissionais da área, incluindo-se diretores, gerentes, supervisores, chefes, coordenadores, profissionais da área contábil-financeira e tributária/fiscal. Destina-se ainda aos demais profissionais interessados em desenvolver habilidades para geração contínua de valor nas organizações, através do uso eficaz dessa ferramenta de controle e gestão dos tributos incidentes sobre todas as operações.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:

O estudo da matéria tributária, especialmente no Brasil, não é uma tarefa fácil. Neste curso, procuramos apresentar, em linguagem prática, mas fundamentada nos principais aspectos jurídicos, os seguintes conceitos e mecanismos tributários:

  • Estrutura Conceitual do Planejamento Tributário, incluindo discussões sobre o Contexto Tributário, o Sistema Tributário Nacional, Princípios Tributários, Institutos Tributários, Tributos e suas espécies e Obrigações Tributárias. Também explicamos as diferenças entre Gestão Tributária, Planejamento Tributário e Compliance Tributário.
  • Regimes Tributários, incluindo o MEI, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Arbitrado.
  • IRPJ e CSLL no Lucro Real: Adições, Exclusões, Compensações, Períodos de Apuração, Variações Monetárias, Perdas com Créditos, Bônus de Adimplência Fiscal, Depreciação Acelerada, Remuneração (Lucro, Pró-Labore e JSCP), Programa de Alimentação do Trabalhador e Lei Rouanet.
  • PIS e COFINS no Regime Cumulativo e no Regime Não-Cumulativo, incluindo discussão sobre Créditos do PIS e da COFINS, Substituição da Contribuição para o PIS e da COFINS, tributação concentrada, Zona Franca de Manaus, Receitas financeiras tributadas pela Contribuição para o PIS e pela COFINS e obrigações acessórias.
  • ISS, ICMS e IPI, explicando Fato Gerador e Contribuintes, Base de Cálculo e Alíquotas, Formação de Preços, Créditos e obrigações acessórias.
  • Planejamento Tributário dos Grupos de Empresas, revisando os principais aspectos tributários das Participações Societárias, Reorganização Societária, Formas Societárias (SCP, Joint Venture, Consórcios e SPE), Contrato de Mútuo e Subcapitalização, Holding Familiar e Preços de Transferência.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Contexto Tributário (complexidade da legislação e carga tributária);
  • Principais conceitos jurídicos-tributários (necessários!) Como sistema, princípios, institutos, espécies e obrigações;
  • Planejamento Tributário e Compliance Tributário dentro da Gestão Tributária;
  • Regimes Tributários;
  • As condições, a carga tributária e as vantagens para adotar um dos regimes tributários previstos na Legislação: MEI, SIMPLES, Lucro Presumido, Lucro Real e Lucro Arbitrado;
  • O Custo de Conformidade;
  • O Lucro Real e o IRPJ e a CSLL funcionam neste regime;
  • O funcionamento da apuração dos tributos IRPJ e CSLL e os principais ajustes e escolhas tributárias;
  • O PIS e a COFINS – a não-cumulatividade e as oportunidades tributárias;
  • A tributação do ISS, ICMS e IPI: a variação em função e da empresa (serviço, comércio e indústria).
  • Princípios de análise de tributos sobre vendas ou consumo;
  • Visão geral das regras fiscais, de acordo com o Estado da localização da empresa;
  • Breve discussão sobre Formação de Preços;
  • Os aspectos tributários em reorganizações societárias;
  • O Planejamento Tributário como gerador das maiores oportunidades e riscos para as organizações;
  • Os “principais “movimentos” das empresas e suas consequências.

TRILHA DE APRENDIZAGEM:

trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.

O curso está organizado em 6 módulos e cada um deles contém os seguintes Materiais Instrucionais e Atividades práticas:

Materiais Instrucionais

1- Videoaula: é um vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;

2- E-book: é um texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;

3- Aula explicativa: É uma aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.

Atividades práticas:

4- Fórum para discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto;

5- Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO – 6 módulos contendo:

  • Videoaulas;
  • Apostilas (e-book);
  • Fóruns de discussões;
  • Aulas explicativas;
  • Autoavaliações.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:

Dedicação do discente e participação nos fóruns de discussões dos seis módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Ademar Lucas, Empresário, Administrador de Empresas, Contador e Advogado, Mestre em Ciências Contábeis, cursou LLM (Master of Law) em Direito Societário, MBA Executivo em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, Direito Tributário, Pós-graduado e especialista em Direito de Família e Sucessões, tendo ocupado cargos de Vice-Presidência, Diretoria Adm. Financeira, Jurídica, RH e Relações com Investidores em empresas multinacionais como Philips, Samsung, Delphi e em empresas nacionais de grande porte. Especialista em recuperação, gestão interina, avaliação, negociação e turnaround de organizações de médio e grande porte. Professor de cursos MBA e Pós-Graduação, de diversas matérias, ligadas às áreas financeira, controladoria, auditoria, projetos, direito societário, tributário e família em diversas instituições, tais como: IPT/USP, FIPE, Mauá Engenharia, FIAP e FECAP.

BIBLIOGRAFIA:

BERTOLUCCI, A. V. (2001). Uma contribuição ao estudo da incidência dos custos de conformidade às leis e disposições tributárias: um panorama mundial e pesquisa dos custos das companhias de capital aberto no Brasil. Dissertação (Mestrado em Contabilidade). Universidade de São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-18042007-145400/pt-br.php

BORGES, H. B. (2015). Gerência de Impostos: IPI, ICMS, ISS e IR. São Paulo: Atlas

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

BRASIL. Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999. Regulamenta a tributação, fiscalização, arrecadação e administração do Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza

Ferreira, F. T. (2014). História do Imposto de Renda no Brasil. Brasília, RFB

GRECCO, G. B., GRECCO, M. C. P., & ANTUNES, M. T. P. (2016) Risco Fiscal sob Responsabilidade das Organizações Contábeis Brasileiras. Congresso USP e de Controladoria e Contabilidade. Disponível em: http://www.congressousp.fipecafi.org/anais/artigos162016/254.pdf

Higuchi, H. (2017). Imposto de Renda das Empresas. Interpretação e prática. São Paulo: CRC

MELO, J. E. S. (2018) ICMS: teoria e prática. 14. ed., rev. e atual. Porto Alegre: Livraria do Advogado.

MIYOSHI, K. R., & NAKAO, S. H. (2012). Riscos de Conformidade Tributária: Um estudo de caso no estado de São Paulo. Revista de Contabilidade e Organizações, 6(14).

PERES, A. M.; MARIANO, P. A. (2012) ICMS e IPI no dia a dia das Empresas. 7. ed. São Paulo: IOB

Pinto, J. R. D. (2013). Imposto de renda, contribuições administradas pela Secretaria da Receita Federal e sistema simples. 21. ed. Brasília: CFC.

RAMSEY, F. P. (1927). A Contribution to the Theory of Taxation.The Economic Journal, 37(145), 47-61.

SCHOLES, M. S., WILSON, G. P., & WOLFSON, M. A. (1992). Firms’ responses to anticipated reductions in tax rates: The Tax Reform Act of 1986 (No. w4171). National Bureau of Economic Research.

SHINGAKI, M. (2008). Gestão de Impostos: para pessoas físicas e jurídicas. São Paulo: Saint Paul Editora.

Scholes, M. and M. Wolfson (1992). Taxes and Business Strategy: A Planning Approach. Englewood Cliffs, NJ: Prentice Hall.

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

 

 

Orçamento Empresarial – Moodle EAD

Período de inscrição: 16/10/2019 à 12/01/2020
Data
: 13 de janeiro de 2020 a 13 de fevereiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula

Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00

Público externo: R$ 480,00

Professora: Ademar Lucas

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em criação, controle e gestão do Orçamento Empresarial (Controladoria Operacional). Com um conteúdo destinado ao aprendizado, exercício e formação de gestores da área. Com uma visão ampla dos processos de concepção e controle do plano orçamentário organizacional, este curso destina-se a suprir lacunas no conhecimento e no aperfeiçoamento de profissionais da área, incluindo-se diretores, gerentes, supervisores, chefes, coordenadores, profissionais da área contábil-financeira e orçamentária. Destina-se ainda aos demais profissionais interessados em desenvolver habilidades para geração contínua de valor nas organizações, através do uso eficaz dessa ferramenta de controle e gestão.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:

A partir da concepção e da elaboração do orçamento empresarial podemos antecipar situações futuras as quais possam repercutir na continuidade de nossa atividade empresarial, o orçamento permite com que possamos atuar com rigor e critérios quanto à utilização de recursos financeiros para a continuidade dos negócios.

A predição de situações futuras possibilita que possamos também controlar as ações desenvolvidas pela entidade, o orçamento então passa a não ser somente um instrumento de planejamento, mas de verificação e de fiscalização para saber se o desenvolvimento das funções gerenciais e da utilização dos recursos estão sendo corretamente aplicados.

Seguimos o entendimento de Michael Porter, segundo o qual destaca que não basta uma simples estratégia para que sejam alcançados resultados expressivos, mas de meios os quais sejam suficientes para programar e controlar o fluxo de receitas e despesas para fazer com haja o melhor desempenho da atividade empresarial.

Alguns pontos serão essenciais em nossa abordagem:

1) Análise dos pressupostos utilizados para o desenvolvimento do orçamento, associado ao planejamento estratégico da entidade;

2) Compreensão da estrutura do orçamento empresarial;

3) Análise dos principais tipos de orçamentos empresariais e o alinhamento do estilo à cultura organizacional da entidade;

4) Análise da importância da controladoria para o desenvolvimento desta ferramenta;

5) A consolidação de informações orçamentárias, dotada de elementos tangíveis, para uma tomada de decisão estratégica e tática pela entidade; e

6) O desenvolvimento do controle orçamentário, o qual deve evidenciar se tudo aquilo que foi planejado e previsto efetivamente foi realizado em momento posterior.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • A importância do desenvolvimento do orçamento empresarial para a entidade;
  • As principais competências a serem assumidas pelo Controller para operacionalização do orçamento;
  • Configuração da estrutura do orçamento empresarial;
  • Principais tipos de orçamentos empresariais: estático (budget) e ajustado (forecast);
  • A importância do orçamento flexível, de previsão contínua (rolling) e das tendências orçamentárias;
  • As principais metodologia orçamentárias;
  • Visões e tendência de análise diferenciada em razão de um alinhamento quantitativo;
  • Utilização de dados histórico para a atividade e identidade do Controller;
  • Orçamento base zero;
  • Orçamento baseado em atividades;
  • Controle matricial orçamentário;
  • Orçamento-além (beyond budgeting) e as condições para sua estruturação;
  • A importância da estrutura orçamentária, sobre o plano orçamentário e sobre as premissas orçamentárias necessárias para sua realização;
  • A divisão clássica do orçamento empresarial: operacional, de investimento e de financiamento;
  • Os outros orçamentos necessários para o direcionamento do plano operacional: orçamento de compra de materiais, orçamento de mão de obra na produção, orçamento dos custos indiretos de fabricação e orçamento de despesas administrativas;
  • O orçamento financeiro e o fluxo monetário para aquisição de ativos;
  • A importância da utilização da alavancagem para a consolidação do orçamento de financiamento e de investimento;
  • A importância do processo orçamentário para a formação e a consolidação de demonstrativos contábeis projetados;
  • O orçamento empresarial enquanto instrumento estratégico.

TRILHA DE APRENDIZAGEM:

trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.

O curso está organizado em 6 módulos e cada um deles contém os seguintes Materiais Instrucionais e Atividades práticas:

Materiais Instrucionais

1- Videoaula: é um vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;

2- E-book: é um texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;

3- Aula explicativa: É uma aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.

Atividades práticas:

4- Fórum para discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto;

5- Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO – 6 módulos contendo:

  • Videoaulas;
  • Apostilas (e-book);
  • Fóruns de discussões;
  • Aulas explicativas;
  • Autoavaliações.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:

Dedicação do discente e participação nos fóruns de discussões dos seis módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Ademar Lucas, Empresário, Administrador de Empresas, Contador e Advogado, Mestre em Ciências Contábeis, cursou LLM (Master of Law) em Direito Societário, MBA Executivo em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, Direito Tributário, Pós-graduado e especialista em Direito de Família e Sucessões, tendo ocupado cargos de Vice-Presidência, Diretoria Adm. Financeira, Jurídica, RH e Relações com Investidores em empresas multinacionais como Philips, Samsung, Delphi e em empresas nacionais de grande porte. Especialista em recuperação, gestão interina, avaliação, negociação e turnaround de organizações de médio e grande porte. Professor de cursos MBA e Pós-Graduação, de diversas matérias, ligadas às áreas financeira, controladoria, auditoria, projetos, direito societário, tributário e família em diversas instituições, tais como: IPT/USP, FIPE, Mauá Engenharia, FIAP e FECAP.

BIBLIOGRAFIA:

ANTUNES JUNIOR, José Antonio Valle; KLIEMANN NETO, Francisco José; FENSTERSEIFER, Jaime Evaldo. Considerações críticas sobre a evolução das filosofias de administração da produção: do “just-in case” ao “just-in-time”. Rev. adm. empres.,  São Paulo ,  v. 29, n. 3, p. 49-64,  Sept.  1989.   Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75901989000300005&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 02  outubro  2017.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução CFC 2015/NBCTG27(R3). Disponível em: <http://www2.cfc.org.br/sisweb/sre/detalhes_sre.aspx?Codigo=2015/NBCTG27(R3)>. Acesso em: 20 novembro 2015.

CORBARI, Ely Célia; MACEDO, Joel de Jesus. Análise de Projeto e Orçamento Empresarial. Curitiba: Editora Intersaberes, 2012.

FERREIRA, J. A. S. Finanças corporativas: conceitos e aplicações. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2005.

FREZATTI, Fábio. Beyond budgeting: Inovação ou resgate de antigos conceitos do orçamento empresarial?. RAE, v. 45 n. 2, abr./jun. 2005.

LUZ, Érico Eleuterio da (org). Gestão financeira e orçamentária. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 2003.

MARTINS, Tomas Sparano, et al. Planejamento Estratégico Orçamentário. São Paulo: Editora Intersaberes, 2012.

PADOVEZE, Clóvis Luís (Org.). Orçamento empresarial. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

PADOVEZE, Clóvis Luís; TARANTO, Fernando César. Orçamento empresarial. São Paulo: Pearson/Prentice Hall, 2009.

 

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Controladoria – Moodle EAD

 

Período de inscrição: 16/10/2019 à 12/01/2020

Data: 13 de janeiro de 2020 a 13 de fevereiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula

Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00

Público externo: R$ 480,00

Professora: Ademar Lucas

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir capacitação diferenciada e de alto nível em Controladoria, com conteúdos destinados ao aprendizado, exercício e formação de gestores da área. Exercendo uma visão holística de processos e gestão da informação, através do conhecimento, incluindo-se diretores, gerentes, supervisores, chefes, coordenadores, profissionais da área contábil-financeira e demais profissionais interessados em desenvolver habilidades para geração contínua de valor nas organizações.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:

Considerando que a Controladoria e o Controller moderno têm em sua missão, a responsabilidade de serem os guardiões do sistema informacional e de participar ativamente na criação e manutenção de valor para as organizações em que atuam. O objetivo dos módulos é refletir, discutir e atualizar os interessados aos mais variados temas relacionados. Abaixo, os principais assuntos sobre avaliações e estudos:

  • Definir o que é Controladoria, suas atribuições e responsabilidades;
  • Apresentar a estruturação atual da Controladoria no contexto das empresas;
  • Analisar e debater sobre as funções do Controller e as tendências atuais acerca do seu perfil exigido atualmente;
  • Discutir e estudar a empresa como um sistema aberto: missão, visão e demais temas correlatos;
  • Analisar a implementação das unidades estratégicas de negócios e sua sinergia;
  • Refletir sobre as vantagens ou eventuais desvantagens na implementação de centros de serviços compartilhados e da contabilização por segmento, da gestão por processos e seus reflexos nos sistemas informacionais;
  • Estudar a informação, os sistemas de informações e os principais níveis de usuários das mesmas;
  • Realizar estudos acerca da contabilidade gerencial e entender sua eficácia no processo como instrumento de gestão para a controladoria;
  • Analisar modelos de decisão e gestão de portfólio nas empresas modernas;
  • Entender como você pode ser um dos elementos responsáveis pela criação de valor;
  • Atualizar os alunos quanto ao tema EVA (valor econômico adicional), saber a importância dele na apuração do valor da empresa, bem como proporcionar uma comparação entre lucro contábil e lucro econômico.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • A Controladoria, a função, as atribuições e as responsabilidades do Controller;
  • Estruturação atual da área de Controladoria;
  • A empresa como um sistema aberto;
  • Visão sistêmica da empresa no âmbito da estratégia;
  • Missão, visão, valores e vocação das empresas;
  • Missão da Controladoria na estrutura de uma organização;
  • Perpetuidade e sucesso das empresas através do estabelecimento de unidades estratégicas de negócios;
  • Vantagens da criação de sinergias por meio de serviços compartilhados;
  • Princípios norteadores, objetivos e tipos de centros de responsabilidade;
  • Estrutura organizacional de gestão por processos – seus objetivos e principais benefícios;
  • Sistemas de informação: sua importância, correlações com sistemas integrados, big datas, aspectos gerenciais e contábeis e a integração com os demais sistemas;
  • Níveis de usuários das informações;
  • Contabilidade gerencial como instrumento de gestão;
  • Modelos de decisão e gestão de portfólio;
  • Criação de valor como uma das missões da Controladoria;
  • EVA – Economic Value Added e a correlação com a expectativa de resultados futuros;
  • Lucro contábil x lucro econômico: particularidades e maneiras de apuração.

TRILHA DE APRENDIZAGEM:

trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.

O curso está organizado em 6 módulos e cada um deles contém os seguintes Materiais Instrucionais e Atividades práticas:

Materiais Instrucionais

1- Videoaula: é um vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;

2- E-book: é um texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;

3- Aula explicativa: É uma aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.

Atividades práticas:

4- Fórum para Discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto;

5- Auto Avaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO – 6 módulos contendo:

  • Videoaulas;
  • Apostilas (e-book);
  • Fóruns de discussões;
  • Aulas explicativas;
  • Auto avaliações.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:

Dedicação do discente e participação nos fóruns de discussões dos seis módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Ademar Lucas, Empresário, Administrador de Empresas, Contador e Advogado, Mestre em Ciências Contábeis, cursou LLM (Master of Law) em Direito Societário, MBA Executivo em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, Direito Tributário, Pós-graduado e especialista em Direito de Família e Sucessões, tendo ocupado cargos de Vice-Presidência, Diretoria Adm. Financeira, Jurídica, RH e Relações com Investidores em empresas multinacionais como Philips, Samsung, Delphi e em empresas nacionais de grande porte. Especialista em recuperação, gestão interina, avaliação, negociação e turnaround de organizações de médio e grande porte. Professor de cursos MBA e Pós-Graduação, de diversas matérias, ligadas às áreas financeira, controladoria, auditoria, projetos, direito societário, tributário e família em diversas instituições, tais como: IPT/USP, FIPE, Mauá Engenharia, FIAP e FECAP.

BIBLIOGRAFIA:

ALLEN, Brealey Myeers. Princípios de finanças corporativas. 8. ed. – São Paulo: McGraw-Hill, 2008.

ALMEIDA, Norberto de Oliveira; OLIVIERI NETO, Rafael. Gestão profissional de projetos: maturidade e indicadores. Rio de Janeiro: Brasport, 2015.

BERTI, Anélio. Contabilidade gerencial. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2013.

BIO, Sérgio Rodrigues. Sistemas de Informação: um enfoque gerencial. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008, p. 19.

BRIGHAM, Eugene F.; EHRHARDT, Michael C. Administração Financeira: teoria e prática. – São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006.

CATELLI, Armando (Coordenador). Controladoria: uma abordagem da gestão econômica – GECON. 2. ed. São Paulo, Atlas Editora: 2001 – 576 páginas.

CATELLI, Armando. Apontamentos de sala de aula. Disciplina Controladoria. Doutorado em Controladoria e Contabilidade. São Paulo: FEA/USP, 1994.

CATELLI, A. Competitividade, criação de valor e gestão econômica. Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=competitividade+cria%C3%A7%C3%A3o+de+valor+e+gest%C3%A3o+econ%C3%B4mica&oq=COMPETITIVIDADE%2C+CRIA%C3%87%C3%83O&aqs=chrome.1.69i57j0.14227j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8 > Acesso em 03.02.2018

Cenários Prospectivos do segmento metalomecânico para 2018. <http://www.bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/1f6446ba395dee2b82e10f87dc1f4d0a/$File/7487.pdf > – Acesso em 09.01.2018

CHIAVENATO, Idalberto; SAPIRO, Arão. Planejamento Estratégico: fundamentos e aplicações. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

Comitê de Pronunciamentos Contábeis. CPC 04 – Ativos Intangíveis. Disponível em:

<http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=35 > Acesso em: 06.02.2018.

COSO – Comittee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission. Gerenciamento de riscos corporativos: estrutura integrada, 2007. Disponível em: < https://www.coso.org/Documents/COSO-ERM-Executive-Summary-Portuguese.pdf >. Acesso em 09.01.2018

CREPALDI, Silvio Aparecido; CREPALDI, Guilherme Simões. Contabilidade gerencial. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

Curva de Experiência < https://www.portal-gestao.com/artigos/6683-a-curva-da-experi%C3%AAncia-bruce-henderson.html > Acesso em 10.01.2018

FIGUEIREDO, Sandra; CAGGIANO, Paulo Cesar. Controladoria: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

FREITAS, Carlos Augusto. Gestão estratégica por meio de projetos, programas e portfólio. Rio de Janeiro: Brasport, 2016.

FREZATTI, Fábio; ROCHA, Welington. Controle Gerencial: uma abordagem da contabilidade gerencial no contexto econômico, comportamental e sociólogo. São Paulo: Atlas Editora, 2009 – 288 páginas.

FUSCO, José Paulo Alves. Unidades estratégicas de negócios – uma estratégia para a gestão competitiva de empresas. Revista Gestão & Produção. v. 4, n. 1, p. 36-51, abr. 1997. UNESP. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/29874. Acesso em 08.11.2017.

HENDRIKSEN, Eldon S.; VAN BREDA, Michael F. Teoria da Contabilidade. 1. ed. – São Paulo: Atlas, 1999.

GARCIA, Alexandre Sanches. Introdução à Controladoria. São Paulo: Atlas Editora, 2010 – 136 páginas.

GARRISON, Ray H.; NOREEN, Eric W. Contabilidade Gerencial. 9. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2001.

IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa. 5. ed.: 2015. http://www.ibgc.org.br/userfiles/files/2014/files/CMPGPT.pdf – Acesso em 18.10.2017.

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade gerencial. 6. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

KAPLAN, Robert S.; Norton, David P. Organização orientada para a estratégia. 14. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000.

LOSS, Maurício Johnny. Gestão de portfólio: teoria e prática. 1. ed. Curitiba: Appris, 2016.

decisório. 2. ed. – São Paulo, Atlas Editora: 2015.

LUNKES, Rogério J., SCNORRENBERGER, Darci, GASPARETTO, Valdirene, VICENTE, Ernesto R. Considerações sobre as Funções da Controladoria nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil. Revista Universo Contábil, v.5, n.4, 2009.

MOSIMANN, Clara P.; FISCH, Sílvio. Controladoria: seu papel na administração de empresas. 2. ed. São Paulo: Atlas Editora, 2002 – 138 páginas.

NASCIMENTO, Auster Moreira; REGINATO, Luciane. Controladoria – Instrumento de apoio ao processo decisório. 2. ed. – São Paulo, Atlas Editora: 2015.

OLIVEIRA, Djalma Pinho Rebouças de. Holding, Administração Corporativa e Unidade Estratégica de Negócio – uma abordagem prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

OLIVEIRA, Luís Martins; PEREZ JR, José Hernandez; SILVA, Carlos Alberto dos Santos. Controladoria Estratégica. 11. ed. São Paulo: Atlas Books, 2015.

ORACLE: A base da inovação de dados. Disponível em: https://www.oracle.com/br/big-data/index.html. Acesso em 03.12.2017.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Contabilidade Gerencial. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Controladoria básica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2016.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Controladoria estratégica aplicada: conceitos, estrutura e sistema de informações. São Paulo: Cengage Learning, 2016. 262 páginas.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Controladoria estratégica e operacional: conceitos, estrutura, aplicação. 3. ed. São Paulo: Cengage do Brasil, 2015 – 505 páginas.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Sistemas de Informações Contábeis: fundamentos e análise. 7.ed. São Paulo: Atlas, 2015.

SCHNORRENBERGER, Darci; LUNKES, Rogério João; GASPARETTO, Valdirene. Um estudo sobre as funções da Controladoria. RCO – Revista de Contabilidade e Organizações – FEA-RP/USP, v. 4, n. 10, p. 106-126, set-dez 2010.

SEBRAE. Conheça o valuation e saiba quanto vale sua empresa. Disponível em: < http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/conheca-o-valuation-e-saiba-quanto-vale-sua-empresa,290732f8d0cbf410VgnVCM1000004c00210aRCRD > Acesso em: 05.02.201

SERRA NEGRA, C. Alberto. Compartilhamento de recursos organizacionais (sinergias) entre empresa e suas unidades estratégicas de negócios – estudo de caso múltiplo de empresas brasileiras. Centro Universitário do Leste de Minas Gerais-Unileste. 2015. Disponível em: http://www.convibra.com.br/upload/paper/2015/39/2015_39_11839.pdf. Acesso em 08.11.2017.

TOMIYA, Eduardo. Valor dos Intangíveis da Empresa. Revista RI nº 151, 03.2011. Disponível em: < http://www.revistari.com.br/151/487  > Acesso em 06.02.2018.

TUNG, N. H. Controladoria. São Paulo: Edusp [s.d.]

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

Finanças Corporativas – Moodle-EAD

Período de inscrição: 16/10/2019 à 12/01/2020
Data
: 13 de janeiro de 2020 a 13 de fevereiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula

Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00

Público externo: R$ 480,00

Professora: Ademar Lucas

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir habilidades de alto nível em controle e gestão das finanças corporativas. Com um conteúdo destinado ao aprendizado, exercício e formação de gestores da área para ampliar a visão em processos financeiros. Este curso destina-se a suprir lacunas no conhecimento de finanças corporativas, incluindo-se diretores, gerentes, supervisores, chefes, coordenadores, profissionais da área contábil-financeira, controladoria e gestão de processos. Destina-se ainda, aos demais profissionais interessados em desenvolver habilidades para geração contínua de valor nas organizações, através do uso eficaz dessa ferramenta de análise, controle e gestão estratégica dos recursos financeiros.

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:

Finanças corporativas é essencial para a administração adequada das empresas de qualquer setor. É parte integrante do planejamento estratégico das empresas e fundamental para a avaliação do desempenho dos executivos na gestão dos ativos, para conseguir o melhor resultado sustentável possível, contribuindo para a criação de valor.

Muitos livros de finanças são batizados de Introdução à Administração Financeira e possuem cerca de 1.000 páginas! Isso dá a medida de o quão extenso é o tema. Este curso sintetiza em 6 módulos o essencial de finanças, preparando você para se aprofundar nos conteúdos através da rica literatura, em livros, jornais especializados, artigos etc.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Este curso abordará o conteúdo em seis módulos, a saber:

  • O papel de finanças corporativas: O conflito de agência e a Governança Corporativa, os mercados de capitais, ética, responsabilidade social, decisões financeiras e o conceito de valor versus o lucro;
  • Risco, retorno e a teoria de carteiras, os modelos de precificação de ativos, o coeficiente beta, o risco total, os riscos sistemáticos e os riscos idiossincráticos;
  • Avaliação de empresas e análise de investimentos. Noção do valor do dinheiro no tempo, avaliação pelos fluxos de caixa descontados, avaliação pelos modelos de dividendos, avaliação relativa ou por múltiplos, técnicas de análise de orçamento de capital como o VPL, a TIR e os períodos de payback;
  • As decisões de financiamentos a curto e longo prazos. Os financiamentos espontâneos, as debêntures e o financiamento com lucros retidos e ações;
  • O custo e a estrutura de capital. Decisões de financiamentos com o capital próprio e com o capital de terceiros. O efeito da alavancagem sobre o resultado e os riscos para o acionista.

TRILHA DE APRENDIZAGEM:

trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.

O curso está organizado em 6 módulos e cada um deles contém os seguintes Materiais Instrucionais e Atividades práticas:

Materiais instrucionais

1- Videoaula: é um vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;

2- E-book: é um texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;

3- Aula explicativa: É uma aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.

Atividades práticas:

4- Fórum para discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto.

5- Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO – 6 módulos contendo:

  • Videoaulas;
  • Apostilas (e-book);
  • Fóruns de discussões;
  • Aulas explicativas;
  • Autoavaliações.

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:

Dedicação do discente e participação nos fóruns de discussões dos seis módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

CURRICULO RESUMIDO DO PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Ademar Lucas, Empresário, Administrador de Empresas, Contador e Advogado, Mestre em Ciências Contábeis, cursou LLM (Master of Law) em Direito Societário, MBA Executivo em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, Direito Tributário, Pós-graduado e especialista em Direito de Família e Sucessões, tendo ocupado cargos de Vice-Presidência, Diretoria Adm. Financeira, Jurídica, RH e Relações com Investidores em empresas multinacionais como Philips, Samsung, Delphi e em empresas nacionais de grande porte. Especialista em recuperação, gestão interina, avaliação, negociação e turnaround de organizações de médio e grande porte. Professor de cursos MBA e Pós-Graduação, de diversas matérias, ligadas às áreas financeira, controladoria, auditoria, projetos, direito societário, tributário e família em diversas instituições, tais como: IPT/USP, FIPE, Mauá Engenharia, FIAP e FECAP. 

BIBLIOGRAFIA:

ANDIMA. Debêntures. Rio de Janeiro, 2008.

BERK, J., DE MARZO, P. Corporate Finance, 4a Ed. Pearson Prentice Hall, 2014.

BODIE, Zvi; KANE, Alex; MARCUS, Alan J. Investments. 10th Ed. McGraw-Hill, 2014.

BMF BOVESPA. Regras de listagem e governança corporativa. Disponível em: http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/listagem/acoes/segmentos-de-listagem/sobre-segmentos-de-listagem/

BRASIL. Lei de Responsabilidade das estatais. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/governo/2016/06/entenda-o-que-muda-com-a-nova-lei-das-estatais

COPELAND, T.E., WESTON, J.F. & SHASTRI, K. Financial Theory and Corporate Policy, 4th Ed. Pearson, 2013.

ROSS, S. A.; WESTERFIELD, R. W.; JAFFE, J. F.; LAMB, R. Administração Financeira: Corporate Finance. 10ª Ed. Mc Graw Hill/ Bookman, 2015.

SERRA, R. G.. Valuation: Guia Fundamental. 1ª ed. São Paulo: Atlas, v. 1, 2014.

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gestão Estratégica de Preços e Custos – Moodle EAD

Período de inscrição: 16/10/2019 à 12/01/2020
Data
: 13 de janeiro de 2020 a 13 de fevereiro de 2020
Carga horária: 30 horas/aula

Alunos e ex-alunos FECAP: R$ 240,00

Público externo: R$ 480,00

Professora: Ademar Lucas

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais interessados em adquirir habilidades de alto nível em controle e gestão das finanças corporativas. Com um conteúdo destinado ao aprendizado, exercício e formação de gestores da área para ampliar a visão em processos financeiros. Este curso destina-se a suprir lacunas no conhecimento de finanças corporativas, incluindo-se diretores, gerentes, supervisores, chefes, coordenadores, profissionais da área contábil-financeira, controladoria e gestão de processos. Destina-se ainda, aos demais profissionais interessados em desenvolver habilidades para geração contínua de valor nas organizações, através do uso eficaz dessa ferramenta de análise, controle e gestão estratégica dos recursos financeiros.

 

OBJETIVO(S) DE APRENDIZAGEM:

A gestão estratégica de preços e custos se insere no contexto de gestão das organizações que buscam, por meio de variados instrumentos e técnicas, subsidiar suas decisões estratégicas, utilizando as informações geradas pelos seus sistemas de custos.

De grande importância para os profissionais que buscam por uma visão estratégica para gestão de preços e custos com eficiência, para que mantenham as operações das organizações de forma sustentável e a longo prazo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Contingências, tendências e qualidade das decisões gerenciais nos seguintes tópicos:
    • Custos no contexto de gestão estratégica
      • Sistema de informações gerenciais e gestão de custos
    • Principais técnicas de gestão;
    • Cadeia de Valor e sustentabilidade
      • Vantagem competitiva
      • Construção e uso da cadeia de valor
      • Sustentabilidade e cadeia de valor
  • Os principais aspectos que fundamentam o processo de gestão de custos:
    • Conceitos
      • Fonte de informações para a gestão de custos
    • Classificações de custos
    • Elementos de custos
      • Apropriação dos custos diretos
      • Rateios dos custos indiretos
  • Sistemas de custeio
    • Grau de absorção
    • Mecânica de acumulação
    • Momento de apuração
  • Os métodos de custeio no processo de gestão:
    • Custeio ABC
      • Direcionadores de custos
      • Etapas de aplicação do sistema de custeio ABC
      • Custeio ABC e Actived Based Management (ABM)
  • Teoria das restrições (TOC)
  • Custo padrão
    • Variações entre o custo padrão e o custo real
  • Custeio meta (target costing) e Kaizen
    • Engenharia de valor
    • Custeio Kaizen
    • Custeio de ciclo de vida
  • Instrumentos fundamentais para a tomada de decisões relativas a custos:
    • Processo decisório
    • Custos relevantes e irrelevantes
      • Custo diferencial e de oportunidade
      • Custeio variável na tomada de decisão
    • Margem de contribuição
    • Relações entre custo, volume e lucro (CVL)
      • Ponto de equilíbrio
      • Outros usos da análise CVL
      • Análise de sensibilidade dos resultados
    • Aspectos estratégicos da gestão de custos:
      • Fatores críticos de sucesso
      • Estratégias competitivas e gestão de custos
        • Estratégias corporativas com foco na gestão de custos
        • Estratégias competitivas
        • Implementação e avaliação das estratégias competitivas
      • O papel da contabilidade gerencial na gestão estratégica
      • Análise de custos para fins de gestão estratégica
        • Análise estratégica de custos
      • Custos ocultos ou invisíveis
      • Gestão da qualidade e custos
        • Custos da qualidade e gestão estratégica de custos
      • Os instrumentos para a Gestão de Preços e a sua integração com a gestão estratégica de custos. Serão abordados os principais elementos para a formação de preços:
        • MODELOS DE DECISÕES DE PREÇOS
        • GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PREÇOS DE VENDAS
        • PREÇOS DE TRANSFERÊNCIA

TRILHA DE APRENDIZAGEM:

trilha de aprendizagem é o caminho pelo qual o aluno deverá percorrer durante o processo de ensino-aprendizagem de modo que haja eficiência e eficácia nesse processo.

O curso está organizado em 6 módulos e cada um deles contém os seguintes Materiais Instrucionais e Atividades práticas:

Materiais Instrucionais

1- Videoaula: é um vídeo onde o professor faz um apanhado geral do conteúdo do módulo e fala dos pontos mais relevantes;

2- E-book: é um texto com o conteúdo teórico do respectivo módulo;

3- Aula explicativa: É uma aula criada em PowerPoint e gravada na forma explicativa, com o uso de vídeo ou de som.

 

Atividades práticas:

4- Fórum para discussão: Neste ambiente o professor-tutor e os alunos deverão interagir para discutir o assunto tratado. Eles poderão também apresentar dúvidas e discutir com seus colegas acerca do tema ali proposto;

5- Autoavaliação: São 10 questões objetivas onde o aluno poderá verificar como foi seu aprendizado referente ao módulo estudado.

 

METODOLOGIA – ESTRATÉGIA DE ENSINO – 6 módulos contendo:

  • Videoaulas;
  • Apostilas (e-book);
  • Fóruns de discussões;
  • Aulas explicativas;
  • Autoavaliações.

 

AVALIAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO:

Dedicação do discente e participação nos fóruns de discussões dos seis módulos. É necessário para aprovação, no mínimo, 70% de participação ativa em todas as atividades.

 

CURRÍCULO RESUMIDO DO PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Ademar Lucas, Empresário, Administrador de Empresas, Contador e Advogado, Mestre em Ciências Contábeis, cursou LLM (Master of Law) em Direito Societário, MBA Executivo em Administração e Especialista em Finanças Corporativas, Direito Tributário, Pós-graduado e especialista em Direito de Família e Sucessões, tendo ocupado cargos de Vice-Presidência, Diretoria Adm. Financeira, Jurídica, RH e Relações com Investidores em empresas multinacionais como Philips, Samsung, Delphi e em empresas nacionais de grande porte. Especialista em recuperação, gestão interina, avaliação, negociação e turnaround de organizações de médio e grande porte. Professor de cursos MBA e Pós-Graduação, de diversas matérias, ligadas às áreas financeira, controladoria, auditoria, projetos, direito societário, tributário e família em diversas instituições, tais como: IPT/USP, FIPE, Mauá Engenharia, FIAP e FECAP.

 

BIBLIOGRAFIA:

 

ANDREOLI, Taís P.; BASTOS, Lívia T. Gestão da qualidade: melhoria contínua e busca por excelência [livro eletrônico]. Curitiba: Intersaberes, 2017.

ATKINSON, Anthony A. et al. Contabilidade gerencial. Tradução de André Olímpio Mosselman Du Chenoy Castro. São Paulo: Atlas, 2000.

BLOCHER, E.J et al. Gestão estratégica de custos. Tradução de Sérgio Alexandre Souza e Wilson J. A. Julian. Revisão técnica de Ana Paula Costa Paulino. São Paulo: McGraw-Hill, 2007.

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. Gestão de custos e formação de preços: com aplicações na calculadora HP 12C e Excel.5ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

DIAS JR., Francisco José: MUNIZ JR., Jorge; GUSSONI, Rafael. Fatores críticos de sucesso (FCS) e desdobramento da função qualidade: aplicação em projeto treinamento. In XXIX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Anais eletrônicos. Salvador: ABEPRO, 2009.

DIAS, S. L. F. G.; LABEGALINI, L.; CSILLAG, J. M. Sustentabilidade e cadeia de suprimentos: uma perspectiva comparada de publicações nacionais e internacionais. Produção, v. 22, n. 3, p. 517-533, maio/ago. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/prod/v22n3/aop_t6_0009_0261.pdf. Acesso em 13 mar. 2018.

FIGUEIREDO, S.; CAGGIANO, P.C. Controladoria: teoria e prática. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2004.

FEMENICK, Tomislav R. A problemática e a solução para custos invisíveis e custos ocultos. Revista da FARN, Natal, v.4, n. 1/2, p. 49-61, jul. 2004/dez. 2005. Disponível em: http://www.revistaunirn.inf.br/revistaunirn/index.php/revistaunirn/article/view/106. Acesso em: 20 jul. 2018.

GUERREIRO, Reinaldo. Teoria das restrições. In PARISI, Cláudio; MEGLIORINI, Evandir. Contabilidade gerencial. São Paulo: Atlas, 2011. p. 177 – 190.

 

HORNGREN, Charles T.; SUNDEM, Gary; STRATTON, William O. Contabilidade gerencial. 12ª ed. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

 

ITO, N. C. et al. Valor e vantagem competitiva: buscando definições, relações e repercussões. Revista de Administração Contemporânea – RAC. Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, art. 7, pp. 290-307, Mar./Abr. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rac/v16n2/v16n2a08.pdf Acesso em 30 jul. 2018.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 10ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

PEDROSA NETO, Carlos. Uma contribuição na identificação de custos ocultos na produção de uma indústria de cerâmica. 2009. 106 f.  Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis). Programa Multi-institucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. João Pessoa, 2009. Disponível em: http://www.repositorio.unb.br/bitstream/10482/5165/1/2009_CarlosPedrosaNeto.pdf.

Acesso em: 20 jul. 2018.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Controladoria estratégica e operacional: conceitos, estrutura, aplicação. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

PELEIAS, Ivam Ricardo. Controladoria: gestão eficaz utilizando padrões. São Paulo: Saraiva, 2002.

PINTO, Leonardo J. Seixas; MOURA, Paola C. Cardoso. Formação de preço de venda e estratégias de precificação: o caso da Leader Magazine. In SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA– SEGeT. 8, 2011. Resende. Anais eletrônicos. Resende (RJ): AEDB, 2011. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos11/25414331.pdf. Acesso em 25 jul. 2018.

SHANK, J. K.; GOVINDARAJAN, V. A revolução dos custos. 10ª ed. Tradução de Luiz Orlando Lemos. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

SOUZA, Marcos Antonio de; COLLAZIOL, Elisandra. Planejamento e controle dos custos de qualidade: uma investigação na prática empresarial. Revista Contabilidade e Finanças – USP, São Paulo, n. 41, p. 38 – 55, Maio/Ago. 2006.

Disponível em: www.scielo.br/pdf/rcf/v17n41/v17n41a04.pdf. Acesso em: 20 jul. 2018.

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; FESS, Philip E. Contabilidade gerencial. Tradução André Olímpio Mosselman Du Chenoy Castro. 2ª ed. São Paulo: Thomson Learning, 2008.

WERNKE, Rodney. Análise de custos e preços de venda. São Paulo: Saraiva, 2005.

INSCREVA-SE BOLETOINSCREVA-SE CARTÃO